Bairros

21 de fevereiro de 2024

Descubra tudo sobre morar na Zona Leste de São Paulo

Vida em condomínio

1 de fevereiro de 2024

Churrasqueira no condomínio: benefícios desse espaço e regras que precisam ser seguidas

Iluminação natural: entenda sua importância em um imóvel

Data de publicação:

20 de junho de 2022

Categoria:

Compra de imóvel

Leitura:

6 minutos

Iluminação natural entenda sua importância em um imóvel

Mais do que um diferencial, a iluminação natural é uma das características que mais valoriza um imóvel, tanto em aspectos estruturais quanto propriamente financeiros.

Afinal, além de melhorar visualmente espaços corporativos ou residenciais, esse atributo pode, ainda, economizar energia e, principalmente, promover uma melhoria no bem-estar de indivíduos que frequentem esses espaços.

Por isso, a seguir, apresentamos alguns pontos relacionados a esse tema, buscando esclarecer, principalmente, os fatores que fazem com que sua importância seja tão alta.

Por que a iluminação natural importa?

No mercado imobiliário, a iluminação natural é uma característica extremamente valorizada por todas as camadas envolvidas nesse mercado. Sejam arquitetos, construtores, corretores ou clientes, esse aspecto sempre tende a agregar valor a um projeto – e não necessariamente financeiro.

Diversos estudos reforçam, por exemplo, como o sol pode contribuir com a manutenção de uma vida saudável. Conforme reportou a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), em Relação entre padrões de sono, concentrações de vitamina D, obesidade e resistência à insulina, a doutora Liane Murari Rocha, especialista em nutrição, destaca como a luz dessa estrela pode impactar na rotina de qualquer indivíduo.

Em outro material, dessa vez produzido por Phyllis Zee e reportado pela Veja, se ressaltam as evidências de que “(…) a exposição à luz, durante o dia – particularmente pela manhã – é benéfica para a saúde através de seus efeitos sobre o humor, estado de alerta e metabolismo”.

Juntos, esses dois tópicos se unem a um conjunto de outros indícios que reforçam, cientificamente, como a iluminação natural pode ser útil para a vida das pessoas. Porém, se engana quem imagina que essas são as únicas vantagens dessa característica.

Em 29 de junho de 2022, o UOL reportava, através de sua editoria de economia, a venda de uma cobertura no Leblon, no Rio de Janeiro. Apesar de soar como uma notícia rasa, de pouco interesse público, a pauta oferece uma informação interessante que agrega ao tema deste artigo.

Afinal, no sexto parágrafo, um trecho chama a atenção. Segundo o portal, “(…) as varandas dos apartamentos são curvas para lembrar as ondas do mar e sem estruturas de metal para manter a vista privilegiada da praia e a iluminação natural. A ideia é passar a sensação de que ‘o oceano está nos apartamentos’, segundo material de divulgação do empreendimento”.

Pois é! Mesmo avaliado, à época, em colossais R$ 42 milhões, a iluminação natural no imóvel foi considerada como um diferencial.

Uma característica acessível (e econômica)!

Caso não queira a desembolsar um prêmio de loteria para adquirir um espaço próprio, não precisa se preocupar. Mesmo nas principais metrópoles do mundo é possível adquirir residências a valores acessíveis e que, mesmo assim, ofereçam a iluminação natural em sua composição.

Em geral, isso pode representar, inclusive, uma considerável economia de energia. Para ilustrar isso, podemos usar aspas de Fábio Aguayo, diretor da Confederação Nacional do Turismo (CNTUR) e presidente da Associação de Bares e Casas Noturnas (ABRABAR).

Em entrevista à Folha de S. Paulo, o profissional falou sobre suspensão do horário de verão, estratégia muito utilizada – dentro e fora do país – como alternativa para se gastar menos eletricidade através do aproveitamento da iluminação natural.

No texto, ele afirma que, mesmo em um aspecto amplo, é possível notar uma redução de gastos. Posteriormente, ainda levanta a bandeira da sustentabilidade afirmando que “(…) quando se fala em horário de verão, vem uma ideia de preservação na cabeça das pessoas”.

Esse movimento é, de fato, bastante associado a essa causa, tanto que, assim como indicamos acima, outros países também aderem a essa técnica. Bandeiras como Austrália, Canadá, Cuba, Estados Unidos, México, Nova Zelândia, Rússia e nações filiadas à União Europeia são apenas alguns exemplos que podem ser citados.

Ambos investem em larga escala na iluminação natural para garantir que não será necessário racionar energia, principalmente considerando que muitos deles consomem muito desse insumo por conta do frio.

Como aproveitar a iluminação natural do imóvel?

Bem, já entendemos que os benefícios dessa característica não se restringem a estética e que essa característica pode ser tão econômica que países inteiros investem indiretamente nesse segmento para economizar, mas, afinal, a iluminação natural do imóvel é algo tão complexo assim?

De certa forma, nada nos impede de aumentar uma janela, expandir uma passagem ou instalar uma claraboia. No entanto, trabalhar com esse tema é extremamente complexo, podendo custar desde o conforto de um indivíduo até a integridade física de um espaço.

Para compreender esse aspecto, comecemos pelo óbvio. Afinal, por mais simples que possa parecer, nenhuma modificação estrutural de uma construção é simples, e sempre deve ser planejada e executada por profissionais qualificados.

Esses indivíduos vão garantir não somente a integridade física de um espaço, já citada anteriormente, como também a qualidade desses projetos, uma vez que é importante considerar os seguintes tópicos ao se investir nesse setor:

●     A posição do imóvel em relação ao sol

Apesar de ser extremamente importante, esse é um dos tópicos mais desconhecidos e, consequentemente, mais desconsiderados. Afinal, são necessários diversos cálculos e conhecimentos prévios para garantir que a iluminação natural no imóvel ocorra de maneira eficiente.

●     As passagens de luz disponíveis na estrutura

As passagens de luz, por sua vez, devem ser sempre analisadas com cautela, principalmente durante a escolha de um espaço para mudança. Nesse caso, é fundamental se associar a companhias íntegras e especializadas no setor imobiliário, que saberão esclarecer qualquer ponto em relação a esse tema.

●     O objetivo dos cômodos

Por fim, o objetivo dos cômodos sempre deve ser considerado para garantir que a iluminação natural no imóvel não seja prejudicial. Afinal, determinadas roupas, principalmente as mais antigas, podem ser danificadas se ficarem expostas ao sol.

Considerando que os pontos acima poderiam ser expandidos em ainda mais tópicos, fica ainda mais claro como é fundamental consultar especialistas nesse segmento para compreender, de maneira mais aprofundada, a importância da iluminação natural no imóvel.

Não perca tempo! Entre em contato com a Conx!

Há anos atuando no segmento de imóveis, a Conx conquistou espaço e se concretizou no mercado nacional como uma das melhores alternativas para se adquirir apartamentos.

Por isso, se está à procura de espaços que ofereçam uma excelente iluminação natural, entre em contato com a Conx.

Welconx

Para não perder nossos conteúdos e outras dicas do mercado imobiliário, faça seu cadastro abaixo:


Escreva sua resposta

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Fique por dentro das novidades da Conx