fbpx

Conx

15 de março de 2024

Neoconx Elísio 660 participa de projeto-piloto promovido pela SindusCon-SP e Sabesp

Bairros

21 de fevereiro de 2024

Descubra tudo sobre morar na Zona Leste de São Paulo

Neoconx Elísio 660 participa de projeto-piloto promovido pela SindusCon-SP e Sabesp

Data de publicação:

15 de março de 2024

Categoria:

Conx

Leitura:

5 minutos

Conx e SindusCon-SP: Transformando Obras com Sustentabilidade e Eficiência

 

Na busca por práticas mais sustentáveis e eficientes na indústria da construção civil, a Conx participou de um estudo inovador com o Neoconx Elísio 660, um dos nossos empreendimentos em desenvolvimento, em parceria com o SindusCon-SP e a Sabesp

 

Continue a leitura e descubra como esse estudo está contribuindo para tornar as obras mais sustentáveis, impactando positivamente os resultados na construção civil. 

 

Entendendo o projeto

 

O projeto-piloto surgiu a partir de uma proposta do Grupo de Trabalho de Concessionárias do CTQ, visando a instalação de um segundo cavalete para uso exclusivo da água da Sabesp em atividades que não demandam tratamento de esgoto. 

 

Isso implica em um benefício mútuo: a construtora deixa de contratar água de caminhões-pipa, gera receita adicional para a Sabesp e fica isenta da cobrança correspondente à taxa de esgoto.

 

Fundamentado na tese apresentada por Regiane Pessaroliuma aluna da USP, o estudo aponta para uma mudança significativa no abastecimento de água para as obras. Cerca de 70% da água usada em obras de edificações é para serviços que não resultam em esgoto, enquanto apenas 20% são para atividades que geram esgoto. 

 

Nesse contexto, a troca dos caminhões-pipa, que eram utilizados devido à relutância das construtoras em pagar a taxa de esgoto, argumentando que ela não era revertida em tratamento, pelo abastecimento de água pela Sabesp, não só apresentou vantagens ambientais, mas também evidenciou uma eficiência aprimorada durante as atividades construtivas.

 

A importância das práticas sustentáveis nas obras

 

Diante da crescente preocupação com a sustentabilidade em todos os setores da sociedade, o ramo da construção também está em busca de tornar as obras ambientalmente conscientes.

 

Além das implicações éticas e ambientais, a sustentabilidade aparece como uma demanda crescente por parte dos consumidores finais. À medida que uma parcela significativa da sociedade modifica seus hábitos em prol do meio ambiente, surge a necessidade imperativa de adotar práticas construtivas mais sustentáveis.

 

Atitudes simples, como reutilizar materiais, encontrar alternativas para explorar os recursos naturais e descobrir novas maneiras de gerar e economizar energia, como o projeto-piloto do qual a Conx participa, fazem toda a diferença para diminuir o impacto ambiental da construção e tornar os processos construtivos economicamente viáveis. 

 

A Conx e os resultados iniciais do projeto-piloto

 

A Conx fez parte do projeto-piloto com a obra do Neoconx Elísio 660, reforçando o compromisso com a sustentabilidade e a importância de ações como essa para uma sociedade mais ambientalmente responsável. Os resultados obtidos foram:

Infografico Conx e SindusCon-SP: Transformando Obras com Sustentabilidade e Eficiência

 

Ou seja, além da economia nos custos, também foi observado menos trânsito, barulho, consumo de energia e, consequentemente, menos poluentes. O próximo passo é levar o projeto para um lote maior de construtoras e enviar a água de reuso, fortalecendo assim, a economia circular.

 

Outras ações Conx para garantir obras mais seguras, sustentáveis e ambientalmente responsáveis

 

Na Conx, a sustentabilidade e segurança nas obras são questões de grande importância. Por isso, investimos constantemente em práticas que reforçam nosso compromisso de construir um futuro melhor para todos. Entre elas, podemos citar:

 

  • Logística reversa de bloco: os resíduos são separados para que o fornecedor possa realizar a logística reversa, destinando à reciclagem ou utilizando em projetos sociais.

 

  • Logística reversa de latas de aço: em parceria com o Projeto Pro Latas, todas as latas de aço usadas em obras da Conx são levadas para a reciclagem.

 

  • Gestão de resíduos recicláveis: materiais como papel, papelão e plástico, são devidamente separados para tornar o processo de reciclagem mais simples após o descarte.

 

  • Entulho cinza, gesso, drywall e madeira: são separados de forma que não comprometam o trabalho de reciclagem. Nesse caso, o entulho cinza acaba se transformando em brita, o gesso e drywall são utilizados na produção de cimento e, a madeira é utilizada na produção de biomassa.

 

A Conx segue com o compromisso de promover mudanças na indústria da construção civil, aliando eficiência operacional e responsabilidade ambiental, com foco nas propostas da CECarbon – Calculadora de Consumo Energético e Emissões de Carbono

 

Nesse cenário, o estudo, promovido pela SindusCon-SP e Sabesp, não apenas abre novos caminhos, mas também estabelece um padrão elevado para o futuro da construção sustentável em São Paulo. 

 

Você pode conferir mais detalhes sobre o projeto assistindo à matéria que foi ao ar no Bom Dia SP pelo link: http://glo.bo/48q91ZW  

Escreva sua resposta

Seu e-mail não será publicado.

*
*

Fique por dentro das novidades da Conx